Penseira: Bacia de pedra rasa, com entalhes estranhos na borda, runas e símbolos. É um recipiente que serve para guardar pensamentos os quais ocupam muito espaço na cabeça de alguém.

Tag Archives: juventude

 

large

Descobri que meu propósito é conhecer coisas novas, viajar, vivenciar coisas diferentes pra poder multiplicar da maneira que posso…

Deve ser por isso que um dia quis ser professora: pra ensinar o outro o que sei.

Quis ser bióloga: para descobrir o que esse mundão tem de diferente na natureza.

Quis ser publicitária: pra desenvolver novas idéias sobre tudo e todos.

Quis ser jornalista: pra poder conhecer um pouco de tudo e compartilhar a minha visão sobre.

Quis ser diplomata: pra descobrir as diferentes culturas do mundo e lutar por elas.

Quis ser bailarina: pra descobrir o poder transformador da arte e propagar pelo mundo.

Quis ser profissional de educação física: pra poder aprender sobre o poder do nosso corpo e do nosso organismo e propagar o quanto somos e podemos ser fortes em qualquer aspecto. Seja pelo esporte, seja pela saúde.

O que vier na minha vida hoje, é lucro, porque através do que escolhi quero ser conhecedora e compartilhadora de conhecimento.

Quero, através do que vier na minha vida, conhecer o mundo e as culturas que estão por ai.

Quero, através do que vier na minha vida, experimentar coisas novas.

Quero, através do que vier na minha vida, viver o mundo com ele é.

E não preciso de uma profissão especifica para isso, pois eu jurava que precisaria.

Basta eu ser quem eu sou e ter expertise para desenvolver um trabalho que me proporcione propaga-lo dessa maneira.

 

Taí minha última reflexão com 24 anos de idade…

Deixei de ser uma jovem adulta e estou me tornando uma adulta de fato, com responsabilidades, novos sonhos e novas realidades para a minha vida.

Então vou ali buscar meus novos objetivos.

Advertisements

Leia ouvindo > Castle on the Hill

Imagem de moon, sky, and rainbow

A vida está me mostrando aos poucos que apesar de buscarmos um futuro, devemos sim, lembrar com carinho e gratidão as coisas que vivemos no passado.

Que as amizades passam, mas o carinho dos momentos vividos deve ser preservado no coração.

Que apesar das escolhas, não é justo julgar o outro por não ter seguido o que você achava certo.

Que quem você imaginava que ficaria para sempre, pode não ter os mesmos planos que você.

Que existe sim, lugar certo na hora certa.

Que a verdade dói, mas que existem momentos que ela cura.

Que relações humanas são mais humanas que apenas manter contato.

Ou seja, busque sempre olho no olho.

Que chorar pode parecer fraqueza, mas é depois das lágrimas que vem o Sol que você precisa.

Que procrastinar não é o caminho para nada, é só um atraso de vida.

Que simplicidade e sorrisos valem mais do que matéria.

Que o amor é a base de tudo e na minha humilde opinião, é a solução para todos os problemas.


Eu tento negar e dizer que sou uma pessoa moderna, mas quanto mais velha, mais percebo o meu tradicionalismo.

Falo que não, mas não tem uma coisa que me deixa mais derretida do que histórias de amor verdadeiro.

O sabor da conquista, as descobertas, aquelas briguinhas que sempre terminam com “o final feliz” do beijo apaixonado, da ida louca ao aeroporto ou a surpresa ao chegar em casa.

Vou mentir se negar que não gosto de flores, que não gosto de cartões ou musicas com dedicatória… Fico tão apaixonada! E me derreto quando vejo.

Gosto de ir dormir pensando e relembrando cada pedacinho especial vivido até pegar no sono e se durmo, tento no dia seguinte recontar de onde parei pra não perder a oportunidade de esquecer cada pedacinho.

Cada sorriso, cada mão dada, cada beijo apaixonado…

Me nego, mas fico idealizando o pedido de casamento, como será minha reação, como será a aliança e como ele vai pensar.

Adoro surpresas inesperadas.. Uma chegada em casa surpresa, uma mentirinha boba de que não vai passar em casa mas chega sorrateiro e me dá um abraço pelas costas ou aquela visita inesperada com uma rosa e o abraço cheiroso!

Sou e sempre fui romântica, pena que as vezes esqueço, mas não tem nada melhor do que aquele amor que dá quentinho no coração como uma velha comédia romântica.


largeToda vez que assisto/leio algum clássico sempre me pergunto o porquê dos adultos pararem de apreciar esse tipo de história.

Quem disse que os clássicos são infantis? Quem disse que são lições para as crianças?

Quando vejo Alice, penso em aceitação de quem você realmente é, sem pensar no julgamento dos outros, Harry Potter fala do valor da família a das amizades, ninguém é feliz e forte sozinho e agora, revi Peter Pan…
Crescer é preciso! E crescer tem as suas vantagens sim!

Crescer é ter responsabilidade, saber o significado do amor, voar..

Voar em direção aos seus sonhos, em direção aos seus objetivos, sejam grandes ou pequenos, é viver sem medo de estar sozinho.

Até porque para voar, você precisa estar bem, “com pensamentos felizes, porque pensamentos ruins te deixam para baixo”, e não é verdade??

Quer sabedoria maior que isso!!!!

Então não precisa gastar com livros anti estresse, reviva os clássicos e seja mais leve para voar!


O ruim de ficar muito tempo sem escrever, é que as coisas começam a acumular na sua cabeça e você não sabe o que seria de mais relevante para desabafar ou compartilhar.

Esses últimos 15 dias, ou melhor, esses últimos 3 meses foram muito intensos para mim. Não sei se foi pela faculdade, pela vida nova fora de casa, por morar com namorado e amigos, por ter que arcar com tudo sozinha, ou simplesmente por não saber como lidar com a…. liberdade!

Sei lá…
Saber que não precisa de dar satisfação, ir para onde quer, tomar o que quer, andar como quer…. Por mais tentador e “legal” que pareça ser, é estranho.

Deve ser porque desde que me conheço por gente, sempre fui aquela menininha que dependia da mãe para tudo, perguntava para mãe, ligava para mãe, só saia se a mãe deixasse e só gastava com o que a mãe quisesse…  Não que tenha sido algo negativo, NÃO, me tornei uma pessoa ciente das coisas por causa desses cortes.

Mas será que não estou com medo da vida? Esses medos de não saber viver?

Viver com os pais te dá uma sensação de apoio constante né, de que se algo der errado, tem com o que arrumar, mas e sozinha, vc tem o que?

Ééééé… Ninguém disse que crescer era fácil, mas vamos em frente, porque como diz meu colega Carlão “para trás nem pra dar impulso”, o jeito é erguer a cabeça e continuar a luta.

large


large (2)

 

E 17 anos depois, J.K. Rowling conseguiu fazer essa frase se tornar mais que real.
Muitas podem falar que foi moda, que seria passageiro e que não valeria de nada, mas Harry Potter é muito mais do que uma saga de 7 longos livros. Harry Potter é a superação de uma mulher que não tinha futuro nenhum, falida, mãe solteira, sofrida e pobre que viu de um insight no meio do trem, o inicio de um sonho. Um sonho que a principio, era mais pra ela do que para o público, pois a superação e a vontade de dar uma vida digna a sua filha, valia muito mais do que tudo. Não é a toa que ela acabou escrevendo os primeiros esboços num guardanapo, que mostraram a extrema decadencia que estava na sua vida, mas ainda sim, ela seguiu em frente, com os olhos brilhando e com garra pra superar essa barra.
E 17 anos depois, ela ve que o sonho realizado e “concluido”, não foi só dela, foram 17 anos de entrega total (pois virar madrugadas a fio, escrevendo e escrevendo um livro, não foi tarefa fácil), mas foi uma entrega de todos que acreditaram nela e na história. Desde a editora falida, até os primeiros amantes do livro.
Dizem que a história é infantil demais, mas claro, 
experimenta contar a história de um menino de 11 anos de maneira adulta e querer conquistar o publico, mas quem diz isso, nao passou do 4 livro, que ai a vida adulta começa a se formar para o Harry, e para muitas pessoas como eu, começa a se formar tbm.
Cada detalhe, cada drama, cada alegria e descoberta, foi sentida por todos nós tbm. Como leitores?? Não! Como pessoa mesmo.
Me vi descobrindo o amor com o Harry, me vi descobrindo amizades, a familia, as dificuldades e até a morte, pois coincidentemente meu pai faleceu no mesmo ano do lançamento do Enigma do Principe, então ninguém melhor do que eu pra sentir de verdade a perda de uma figura paterna.
E assim, senti o fim da saga, com a descobertas da vida lá fora, a vida adulta, as responsabilidades e o afastamento da familia para seguir novos rumos.. Pegar a estrada, buscar minhas horcruxes (dificuldades) e destrui-las pra conquistar minha felicidade.
E assim é a saga Harry Potter para todos. Crescimento, amadurecimento, descobertas.. VIDA!
Que começou para MUITOS no dia de hoje á 17 anos atrás!

PS: e que para a minha grande felicidade, começou para o meu namorado Vinicius tbm!! Espero que ele sinta a mesma magia que eu!


tumblr_m4rd70HIGY1qj73e2o1_500E começam os primeiro pensamentos chatos do ano, as primeiras preocupações desnecessárias e minha primeira briga interna. Convenhamos que na TPM tudo fica como se tivéssemos uma lente de aumento, mas é muito chato ficar se importando com as idiotices da vida!

Eu tenho raiva de mim mesma em ficar absorvendo esse tipo de coisinha medíocre e chata, mas é quase inevitável quando o que eu faço é sempre evitar isso, mas uma coisa meu namorado me falou e me mexeu bastante.. Se eu odeio ver os outros reclamando, porque eu perco tempo reclamando também?

Desapego. Essa é uma palavra bem usada no meu círculo de contatos, sei o que se significa, mas minha mente acredito que ainda não compreendeu, por conta dos fantasmas do meu passado. Só que olhando bem, não tenho tantos fantasmas assim, fico contando como se minha juventude tivesse sido uma bosta, mas ela só foi limitada. Limitada de experiências, gostos, cheiros, ralões no asfalto da minha rua, e doenças.

Entendo minha mãe de querer me preservar pra eu ser uma boa pessoa, até porque na minha cidade, posso encontrar drogados e meninas de 16 anos com 2 filhos andando pela rua tranquilamente, e ela não quis isso, mas não vivi muita coisa que estou vivendo agora e me sinto uma adolescente ainda.

Coisas que leio, atitudes que tenho, musicas que ouço.. Sou uma garotinha ainda, mas infelizmente (ou felizmente) a vida adulta já clama pela minha atenção com as contas a pagar, faculdades em mente e quem sabe casamento pra daqui uns bons anos.. Longe? É, mas é necessário planejar, porque ainda tenho meus sonhos pra alcançar e não quero desistir deles.

Graças a Deus tenho persistência e sangue de luta, só essas idiotices que me fraquejam, mas esse ano quero ME fortalecer pra não fraquejar! Quero ser quem eu sou sem medo porque as pessoas tem uma imagem minha que não existe mais e quando preciso de credibilidade, aquela antiga imagem fica impregnada e me irrita!!

Hora da mudança, hora da transformação, hora de ser eu!



Quatrode15

Popularizando a ciência do treinamento

Um Travesseiro Para Dois

tudo é especial se quisermos que seja.

Red Pointe - Blog de ballet

Um blog com dicas de ballet, ballet adulto, músicas de ballet (repertório) e muito mais!

Blá

Poesias, Crônicas, Contos

Suspiros & Desatinos

um pouco de amor. um pouco de humor.

Mundo Q

Entre Estantes e Espelhos