Penseira: Bacia de pedra rasa, com entalhes estranhos na borda, runas e símbolos. É um recipiente que serve para guardar pensamentos os quais ocupam muito espaço na cabeça de alguém.

Tag Archives: descoberta

largeSenti tantas esperanças esse ano e fui tantas vezes boicotada que nem sei como imaginar como será esse ano de 2017…

São tantas esperanças renovadas, tantos objetivos, tantos sonhos que depois desses dois anos não sei o que pensar..

Só consigo rezar com todas as minhas forças para que Deus, Alá, Deusa, Ganesha, Nossa Senhora Aparecida, São Longuinho e sei la mais quem, que meus sonhos plantados e não realizados durante esse ano, se realizem no próximo.

É quase um apelo desesperado para que enfim as coisas entrem nos trilhos, porque já estou cansada de tanta, mas tanta confusão na minha vida desde o dia que escolhi entrar na faculdade.

Não.. Não estou nem um pouco arrependida dessa decisão, porque de fato foi a melhor decisão que fiz em 5 anos de ócio acadêmico, mas desde então, minha vida só vai pro lado que não escolho..

Engordei.. Me estressei.. Fali… Tive uma série de imprevistos malucos… Continuo pobre, mas não perdi a vontade de sonhar, mesmo sabendo que muitos desses sonhos podem ser ofuscados pelas preocupações do dia a dia.

E depois desse 2015 parte 2, o que pensar? Ser a pé no chão que precisa ser fria pra não se frustrar e se machucar, ou arriscar de novo a sonhar e acreditar que coisas boas estão mais perto do que nunca agora?

Porque não é possível que depois de tanta desgraça e coisas chatas, a luz não esteja me esperando pra colorir meus dias…

Continuo no aguardo..


Imagem de book, Dream, and girl

Precisei ler uns 3 textos meus de 4 anos atrás pra ver o quanto mudei e o quanto o “ser adulto” pode nos tirar o que é de bom nosso.

Era sonhadora, era doce, era decidida e persistente.

Hoje sou insegura, mais confusa e muito mais preguiçosa.

O que aconteceu comigo nesses últimos 4 anos?

Cadê aquela sonhadora de antes?

Não é porque enfim estou vivendo meu conto de fadas amoroso que tenho que me perder das coisas que sou e de quem sou!!

Cadê eu??

Deve estar perdida nos afazeres, dividas, trabalhos e uma nova vida que não é a que eu quero, mas não porque é ruim, mas é porque ainda não me achei nela.

Entretanto, já diziam os psicólogos. O primeiro passo para a mudança, é a percepção do que te incomoda, dai vem a aceitação e enfim você começa a mudar.


Sem título

Eu sei que esse não é o perfil de post do Mochileira, mas to passando pra indicar um site maravilhoso pra você que é curioso nessas coisas de astrologia, signos, planetas e afins.

Depois de 23 anos de existência, enfim entendi como eu sou e como lido com as coisas da vida, depois que li meu mapa astral completo pelo site Astrolink.com.br

Nunca vi um mapa tão completo e explicadinho como esse e pude analisar aspectos essenciais da minha existência, como o fato de estar aqui escrevendo no blog expressando as minhas confusões, felicidades, descobertas e experiências.

Cada falha, cada detalhe, cada aspecto sobre meu mapa, me fez perceber que apesar dos outros me julgarem, reclamarem e eu mesma ficar me cobrando sobre tudo, faz parte de quem eu sou.

Se tem coisas pra melhora? É CLARO!

Acabei por notar que as coisas que eu achava que era “certo” são aspectos negativos meus que podem ser transformados em aspectos positivos que só farão com que eu seja uma pessoa melhor e evoluída.

Toda a minha confusão, meu 8 e 80 para as coisas. O senso de justiça, o aspecto artístico, econômico e até mesmo todo o egoísmo e prepotência faz parte de mim mesmo, mas através disso, procurarei analisar cada palavra e cada passo meu pra me tornar cada vez mais um espirito evoluído não só para os outros, mas claro… Pra mim mesma!

Eis meu mapa…

natal_wheel


Ela

“Não vai te deixar entender a coisa toda de sorrir pro mundo e reclamar que anda sozinha.” – Daniel Bovolento

Imagem de girl, sweater, and vintage

Curiosamente estava num momento bem bad desse meu início de férias em que me vi sozinha, sem amigos, sem roles e coisas que pessoas da minha idade normalmente fazem, ainda mais depois do sonho que tive que estava numa festança, cheia de amigos, cheia de sorrisos e cheia de vida, mas me encontrei em casa, no frio, sozinha e silenciosa.

Já estava acreditando que minha vida é uma droga e que nunca fico satisfeita com nada, pois sempre acharei pelo em ovo, mas depois dessa frase percebi que sou assim mesmo.

Uma pessoa sempre em busca de alguma coisa, e mesmo em busca, que sempre quer achar o fim da linha, sempre quer conclusões e resultados, mesmo diante de tanta indecisão que é a minha vida.

Isso responde minha grande inquietação de não saber o que eu quero da vida. 23 anos na costas, quase dois anos de faculdade e só quero realizar meus sonhos infantis de conhecer a Disney, ir pra Londres e quem sabe casar com Daniel Radcliffe.

Mas por mais infantil e estranho, essa sou eu… A velha que parece criança, que age como adolescente e tem pensamento mais adulto do que parece.

São muitos eus pra administrar e me encontro sempre confusa, mas isso faz parte de mim, e no fim das contas eu só quero um colo pra chamar de meu no fim do dia, mas que esse mesmo colo me puxe os cabelos e beije meu pescoço forte nos momentos de mais intensidade.

Dificil lidar comigo? Sei bem como é, mas acho que é esse meu encanto.
Me descobrir sempre e sempre…

 



Nas Pontas

Penseira: Bacia de pedra rasa, com entalhes estranhos na borda, runas e símbolos. É um recipiente que serve para guardar pensamentos os quais ocupam muito espaço na cabeça de alguém.

Mundo Bailarinístico - Blog de Ballet

Penseira: Bacia de pedra rasa, com entalhes estranhos na borda, runas e símbolos. É um recipiente que serve para guardar pensamentos os quais ocupam muito espaço na cabeça de alguém.

Red Pointe - Blog de ballet

Um blog com dicas de ballet, ballet adulto, músicas de ballet (repertório) e muito mais!

Mundo Q

Entre Estantes e Espelhos