Penseira: Bacia de pedra rasa, com entalhes estranhos na borda, runas e símbolos. É um recipiente que serve para guardar pensamentos os quais ocupam muito espaço na cabeça de alguém.

Monthly Archives: January 2014

largeVoltando pra casa passei a pensar nas mudanças que o ano novo traz para todos. A força de vontade do pessoal, aquela energia que vai consumindo nossa vontade de alcançar nossos objetivos, e as diferenças ao nosso redor. Aí eu penso, como uma data pode mudar vidas não é?!

Do dia 31 de Dezembro – dia de dar graças a sua crença, de agradecer o ano e de terminar de reclamar dele tbm -, para o dia 1 de janeiro – dia de sonhar, abraçar, sorrir e galgar novas perspectivas pra nova fase da vida de cada um.

Ruim é ver que essa euforia toda só se dá no primeiro mês, porque já no segundo, as dividas começam a apertar, os novos feriados empacam a cidade e as velhas reclamações que a “segunda feira chegou mais uma vez”.

Gostaria que essa felicidade e essa euforia se mantivesse ao longo do ano inteiro, com os sorrisos bobos de “Feliz ano novo” todo dia, com um “Feliz dia novo”, pq cada dia é um dia para novidades, experiências e vivências que não se repetem, assim como cada ano.. Já imaginou quantos 14 de Janeiro de 2014 vc irá viver na sua vida? NENHUM mais né?!

Gentileza gera gentileza e se todos pensássemos que cada dia é uma novidade diferente, a sensação de ano novo ficaria pelo resto do ano, causando mais alegria e menos lamentação, pq lamentação do nosso lado irrita muito não acham?!

Esse ano quero tentar praticar não reclamar tanto, quem sabe não consiga manter minha vida mais relax e gostosa!


tumblr_m4rd70HIGY1qj73e2o1_500E começam os primeiro pensamentos chatos do ano, as primeiras preocupações desnecessárias e minha primeira briga interna. Convenhamos que na TPM tudo fica como se tivéssemos uma lente de aumento, mas é muito chato ficar se importando com as idiotices da vida!

Eu tenho raiva de mim mesma em ficar absorvendo esse tipo de coisinha medíocre e chata, mas é quase inevitável quando o que eu faço é sempre evitar isso, mas uma coisa meu namorado me falou e me mexeu bastante.. Se eu odeio ver os outros reclamando, porque eu perco tempo reclamando também?

Desapego. Essa é uma palavra bem usada no meu círculo de contatos, sei o que se significa, mas minha mente acredito que ainda não compreendeu, por conta dos fantasmas do meu passado. Só que olhando bem, não tenho tantos fantasmas assim, fico contando como se minha juventude tivesse sido uma bosta, mas ela só foi limitada. Limitada de experiências, gostos, cheiros, ralões no asfalto da minha rua, e doenças.

Entendo minha mãe de querer me preservar pra eu ser uma boa pessoa, até porque na minha cidade, posso encontrar drogados e meninas de 16 anos com 2 filhos andando pela rua tranquilamente, e ela não quis isso, mas não vivi muita coisa que estou vivendo agora e me sinto uma adolescente ainda.

Coisas que leio, atitudes que tenho, musicas que ouço.. Sou uma garotinha ainda, mas infelizmente (ou felizmente) a vida adulta já clama pela minha atenção com as contas a pagar, faculdades em mente e quem sabe casamento pra daqui uns bons anos.. Longe? É, mas é necessário planejar, porque ainda tenho meus sonhos pra alcançar e não quero desistir deles.

Graças a Deus tenho persistência e sangue de luta, só essas idiotices que me fraquejam, mas esse ano quero ME fortalecer pra não fraquejar! Quero ser quem eu sou sem medo porque as pessoas tem uma imagem minha que não existe mais e quando preciso de credibilidade, aquela antiga imagem fica impregnada e me irrita!!

Hora da mudança, hora da transformação, hora de ser eu!


Novo ano para todos e muitas expectativa para todos.

“Esse ano vou arranjar emprego”, “esse ano vou emagrecer”, “esse ano vou fazer aquela viagem”, ou até mesmo “esse ano vou ler todos os livros que pretendo”, mas cá estou eu..

Livre de qualquer pretensão de começo de ano, tenho metas, claro, todos temos algo para almejar, mas esse ano resolvi (e por consequência da vida), comecar o ano com a cabeça vazia e estou com ela vazia até agora – 06 de janeiro.

Só pretendo pensar nos meus problemas na hora que eu achar que é certo, me preocupar com eles desde já só me desgastará antes da hora, como falta de dinheiro (tooodos nós lamentamos disso), sei que ta difícil e ano de copa será PIOR ainda, mas aos poucos vou pensando no que fazer, como fazer e quando, fazendo as coisas com calma e aproveitando cada segundo, porque e afogar desde já não é legal!

Esse ano quero focar a minha carreira e pensar no meu futuro financeiro, porque por mais linda que a arte seja, precisamos pagar nossas contas e realizar alguns sonhos, como minha lida Londres e pelo jeito não serei premiada em algum quadro do Caldeirão do Huck pra isso, terei que trabalhar.

E apesar da minha grande calmaria nesse início de 2014, pretendo trabalhar bastante!!

Mãos a obra e coração aberto!

 

1555535_10200880143840562_1273642926_n



4x15

Divulgando a Ciência do Treinamento

Um Travesseiro Para Dois

tudo é especial se quisermos que seja.

Red Pointe - Blog de ballet

Um blog com dicas de ballet, ballet adulto, músicas de ballet (repertório) e muito mais!

Blá

Poesias, Crônicas, Contos

Suspiros & Desatinos

um pouco de amor. um pouco de humor.

Mundo Q

Entre Estantes e Espelhos