Penseira: Bacia de pedra rasa, com entalhes estranhos na borda, runas e símbolos. É um recipiente que serve para guardar pensamentos os quais ocupam muito espaço na cabeça de alguém.

Monthly Archives: December 2013

Difícil mensurar o que foi 2013 para mim, visto que passei por tanta coisa, tomei tanta decisão que não consigo entender o que se passa no meu coração. Mas acredito que a palavra de 2013 foi DECISÃO, ano que me descobri muuito graças as minhas escolhas, graças a minha vontade de ser melhor pra mim mesma.

Me vi em meio a várias situações e diante delas tive a oportunidade de ser eu mesma e obter a minha plenitude, infelizmente, isso não foi muito agradável para algumas pessoas ao meu redor, mas é inevitável, as pessoas mudam e as situações também, então quem não esteve confortável comigo, não me entende de verdade. Isso soa meio estranho e egoísta, mas convenhamos.. Se eu não me fazer feliz através daquilo que eu gosto de fazer e SEI fazer, quem fará isso por mim?

E em falar em felicidade, acho que esse ano eu descobri de verdade o significado do amor, em todos os sentidos. Esse ano pude encontrar quem me completa e me faz sentir plenamente EU, me faz ver as belezas da vida e me faz sorrir com as coisas mais bobas, além de me surpreender e me emocionar da maneira mais linda que poderia imaginar. Na verdade imaginava sim, porque desde pequena, via filmes romanticos e sonhava com aquela magia que a gente fantasia quando é adolescente.

Acreditem.. Se você tem fé e paciência, isso acontece sim! Sou prova disso!Nove meses de puro amor gostoso e verdadeiro que começou com um beijo cinematográfico beira-mar a noite..

Além disso, estou vivendo uma experiencia fantástica com a minha rainha, minha mãe, pois estamos nos conhecendo e estamos nos dando oportunidades para sorrir, através do entendimento e da paciência com cada uma. Isso é raro pra mim e muito significativo, tanto que neste Natal, pude ver o grande sorriso dela beira-mar, depois de uns 15 anos sem saber como era a brisa da praia.

Em compensação, passei muitas dificuldades e enfrentei muitos problemas, tanto financeiros quanto profissionais, já que tive que voltar das férias no terceiro dia de janeiro e só parei realmente dia 23 de dezembro. Muito cansaço, stress mental e físico e muuuito sofrimento, mas entendi que foi necessário pra fortalecer meu profissionalismo e minha paixão pelo que amo trabalhar.

2013 foi um ano de reflexão também pois diante de tudo isso, percebi que cada momento teve um aprendizado e estive aberta a todos eles, sendo bons ou ruins, mas que me fizeram crescer muito e perceber que a vida é boa sim e vale a pena!

Me lembro agora e encerro este post com a minha citação predileta de Mário Quintana (eu acho que é dele, mas dizem que não é) do poema “Certezas”:

“Quero um dia dizer as pessoas que nada foi em vão/Que o amor existe e que vale a pena se doar as amizades e as pessoas/Que a vida é bela sim/E eu dei o melhor de mim/E que valeu a pena!”

 

Estou medonha, mas só o sorriso de minha mãe na noite do dia 25/12/2013 já valeu a pena!

Estou medonha, mas só o sorriso de minha mãe na noite do dia 25/12/2013 já valeu a pena!



4x15

Divulgando a Ciência do Treinamento

Um Travesseiro Para Dois

tudo é especial se quisermos que seja.

Red Pointe - Blog de ballet

Um blog com dicas de ballet, ballet adulto, músicas de ballet (repertório) e muito mais!

Blá

Poesias, Crônicas, Contos

Suspiros & Desatinos

um pouco de amor. um pouco de humor.

Mundo Q

Entre Estantes e Espelhos