O corpo dança

Os braços dançam

As mãos dançam

Os pés dançam

 

Espanto as coisas ruins

Quando danço com o coração

A alegria vem bailando

Noite e dia em transformação

 

Movimentos mágicos

Que geram emoção

Faz a arte do corpo, entoação

 

Choro, dor, risada

Sentimentos puros de um bailarino

Tanto ágil como lento

É uma forma de sentimento

 

A ponta da sapatilha,

A expressão da poesia

Como um cisne ou uma garça

Viva, revoa, faz graça

 

A dança encanta

Para quem aprecia a arte

Os que vem de longe

E até os quem vem de Marte

541895_466045870097316_299550239_n_large

 

Remontagem do Texto “Dança” (Anônimo) por mim, MochileiradeAllStar em 2009

Advertisements