Penseira: Bacia de pedra rasa, com entalhes estranhos na borda, runas e símbolos. É um recipiente que serve para guardar pensamentos os quais ocupam muito espaço na cabeça de alguém.

Monthly Archives: January 2013

PicTM-1_large (1)Simbolo de cumplicidade, entrega e paixão!
Ensaiam juntos, dançam juntos, respiram juntos.. Se amam como casal, como parceiros, como bailarinos!

Amam a arte e apaixonam o público demonstrando esse amor que nasceu da dança!

É estampado nos olhos deles o quanto são felizes fazendo o que amam.. Não só como profissão, mas também como artistas.

Já é gostoso ver quem você ama fazendo o que gosta, agora imagina o quão delicioso é saber e sentir a mesma sensação!

São minha inspiração dançando e amando um ao outro!

São eles Marianela Nunez e Thiago Soares, bailarinos do Royal Ballet

 

 

Por MochileiradeAllStar

Advertisements

Já disse muitas vezes que gosto de ficar sozinha, que prefiro ficar sozinha e que sei me virar sozinha, porque já sou “independente”, mas tem horas que isso não dá muito certo.

Não sou tão independente quanto digo, se é que sou, porque sinto falta de pessoas ao meu redor, pessoas que eu possa realmente confiar, me abrir, chorar…

Sinto tanta falta de ter perto pessoas muuito próximas como minha irmã, minha melhor amiga até meu pai mesmo, mas elas estão ocupadas  fazendo suas coisas e tem suas prioridades e meu pai, não esta mais entre nós.

Sou muito carente de atenção e estou me sentindo realmente sozinha neste momento. O casamento da minha irmã foi um baque muito grande, porque hoje não sei lidar com ela (e o marido), não sei lidar com a minha mãe e nem comigo.

Se falar hoje que preciso de um abraço, realmente não sei quem viria me acolher..

Mas passa.. Se Deus quiser passa…

Por MochileiradeAllStar


tumblr_lzl9mzN2lj1ro0mx3o1_400_largeSou arcaica..

Gosto de papel de carta, cheiro de livro velho, cheiro de livro novo… Fotos impressas!

Gosto de sentir tudo nas minhas mãos.

Sms, e-mail, tablets, foto digital… Nada disso me traz a sensação gostosa de saber que pessoas se dedicaram pra fazer aquilo se tornar real, físico, material.

Saber que alguém muito dedicou um momento de sua vida para escrever-lhe uma carta e escolheu o papel, a caneta e escreveu delicadamente para não rasurar, não é incrível?

Lembra de quando você passava não sei quantos dias esperando a revelação das fotos por aqueles filmes? A gente sempre tinha que pensar muito nas poses, pois o filme só tinham no máximo 36, e ainda corria o risco de queimar e não sair nenhuma.

E o cheiro de livro velho, conservado por anos, talvez séculos que foi passado por várias mãos que choraram, vibraram, comeram em cima dele.. Quantas histórias!!!

E hoje tudo isso é tão descartável! Fotos são apagadas em segundos, e-mails são lidos com pressa e fotos são divididas em pastas para serem postadas na internet com mais outras 50 fotos iguais.

E os CD’s, vinis.. Era tão legal esperar o encarte chegar pra aí você aprender a cantar junto.

Saudades dessa época, mas as coisas evoluem não é?!

 

MochileiradeAllStar


 

O corpo dança

Os braços dançam

As mãos dançam

Os pés dançam

 

Espanto as coisas ruins

Quando danço com o coração

A alegria vem bailando

Noite e dia em transformação

 

Movimentos mágicos

Que geram emoção

Faz a arte do corpo, entoação

 

Choro, dor, risada

Sentimentos puros de um bailarino

Tanto ágil como lento

É uma forma de sentimento

 

A ponta da sapatilha,

A expressão da poesia

Como um cisne ou uma garça

Viva, revoa, faz graça

 

A dança encanta

Para quem aprecia a arte

Os que vem de longe

E até os quem vem de Marte

541895_466045870097316_299550239_n_large

 

Remontagem do Texto “Dança” (Anônimo) por mim, MochileiradeAllStar em 2009


Eu não quero ninguém agora. Passei praticamente um ano inteiro longe de mim e agora quero me conhecer mais crescida, analisar meus erros, meus acertos, meus aprendizados. Ficar quietinha na minha primeiro para depois, quem sabe, pensar se quero ser dividida com alguém.

z201509321_largeJá passei por experiências não muito legais com alguns caras e dessa vez não quero ficar com mágoas de ninguém e muito menos arrependida de mim…

Quero ficar no meu cantinho com meu fone de ouvido, ouvindo minhas musicas, lendo um livro legal para poder sonhar um pouco. Percebi que não sonho mais em estar em Londres, morando lá e casada com Dan Radcliffe e feliz! Estou presa nas coisas do ballet, pensando em crescer no Rotaract e ser RYCA, mas e os meus sonhos, onde ficam?

Não gosto de ficar comparando nem comentando do passado, mas perdi momentos COMIGO para viver a vida de outro. Meus relacionamentos não deram certo porque eu fiz as escolhas erradas, pois estava em um momento não apropriado para aquilo e acabei escolhendo passar um tempo convivendo assim, mas não quero errar pela terceira vez – claro que não vou casar já no próximo – , mas quero sentir um amor de verdade, sem empecilhos de distância de intervenções. Algo como uma brincadeira do destino que me leve ao lugar certo e na hora certa que ele (seja lá quem for) esteja. Aquele que vou olhar nos olhos e dizer a mim mesma “É esse” e ele pense a mesma coisa, porque cansei de joguinhos de sedução, das palavras bonitas para conquistar, mas não que tudo tenha sido em vão e etc, mas agora quero ser feliz, não ficar aprendendo lições de vida no tapa.

Para isso, preciso voltar ao meu eu, me conhecer e permitir fazer o que eu gosto e principalmente gostar de mim, porque só assim as coisas realmente boas acontecem naturalmente.

MochileiradeAllStar


Me imagino na sua frente.. Nós dois sozinhos com uma iluminação fraca ao nosso redor.

Rimos tanto um do outro por frases tolas, comentários inúteis e pensamentos, até que nossos olhares se encontraram e um silêncio se instalou.

Senti algo mudando em você, seu olhar ficou penetrante, sério, carregado. Eu… Fico extasiada com seus olhos e os percebo lá no fundo dos meus.

Sem tirar seus olhos azuis dos meus, você pega minha mão direita, dá um longo beijo e puxa seu corpo contra o meu lentamente nos fazendo dançar uma valsa desajeitada. Aos poucos sinto sua respiração perto da minha como se fosse uma música e nossos olhos continuam unidos assim como nossas mãos. Então você afasta o meu cabelo do meu rosto lentamente, observando cada detalhe, analisando cada traço, cor e textura. Nossa valsa silenciosa pára para assistir o espetáculo interno dos nossos corações acelerados e respiração ofegante.

Então você passa a mão pela minha nuca e se aproxima, desviando seu olhar agora para a minha boca.

Ao tocá-la, sinto seus lábios quentes e macios em um beijo terno e lento. Parecia que você queria estudar e aproveitar cada centímetro e cada segundo desse beijo. Eu, antes que tocasse meus lábios, fechei meus olhos e ouvi sua respiração se aproximando e ao sentir sua boca na minha, perdi o fôlego e fui levada aos céus com seu carinho e cuidado.

Cada segundo daquele beijo, o ritmo, os toques e trocas, expressavam o mais puro desejo de amar e ser amado. Só o coração podia explicar tamanha entrega de ambos, pois não há palavras á altura.

No final, fomos nos afastando ainda de olhos fechados, mantendo acessa a sensação gostosa que foi. Ao abrir os olhos, estes se encontraram mais uma vez, os meus marejados e os seus brilhando.

Nos abraçamos fortemente e senti o seu coração batendo forte sobre o meu, sinalizando a intensidade e entrega daquele momento.

E segundo eles, aquele seria só o primeiro, dos muitos beijos que daremos.

MochileiradeAllStar



Quatrode15

Popularizando a ciência do treinamento

Um Travesseiro Para Dois

tudo é especial se quisermos que seja.

Red Pointe - Blog de ballet

Um blog com dicas de ballet, ballet adulto, músicas de ballet (repertório) e muito mais!

Blá

Poesias, Crônicas, Contos

Suspiros & Desatinos

um pouco de amor. um pouco de humor.

Mundo Q

Entre Estantes e Espelhos