O começo de tudo!

A bruxaria é uma das coisas mais antigas do mundo. Ela surgiu no momento em que o homem apareceu na Terra. Para morar aqui, nosso parente das cavernas precisou usar as forças da natureza a seu favor para ter onde morar, o que comer e coisas a fazer.

Aliás, foi essa mesma razão que fez com que muitas delas fossem perseguidas na Idade Média.

Como as bruxas conheciam o que era desconhecido pelo resto das pessoas (elas podiam curar alguém usando ervas do bem, por exemplo) eram tidas como estranhas e, pior, como seres demoníacos. Por isso elas eram queimadas nas fogueiras, por puro medo e preconceito dos outros.

Conta a lenda que, em 31 de Outubro, Samhain (um espírito do mal, conhecido como Príncipe das Trevas) reunia as almas de quem havia á procura de fogo e comida para estocar no céu, já que o inverno começa no Hemisfério Norte. Por isso, nesse dia, os celtas (povo que habitada o Reino Unido e a França, que deu origem a grande parte dos irlandeses, escoceses e gauleses) costumavam acender fogueiras para iluminar o caminho dos espíritos.

Enfim, para os druidas (magos ou sacerdotes do povo celta), as festas dedicadas a Sanhain simbolizavam um monte de almas penadas livres pela Terra, o fim do verão e do ano.

Muitos séculos depois, o Cristianismo chegou até os celtas. No início do Século VII,m o dia 1 de Novembro foi designado como o dia de Todos os Santos para honrar os santos e mártires da Igreja Católica. Assim, o dia 31 de Outubro virou o ALL HALLOW’S EVE, ou Véspera do Dia de Todos os Santos que popularmente ficou conhecido como Halloween, ou Dia das Bruxas.

Texto retirado da Revista Witch

Conheças os bruxos famosos do bem!

Meu querido Harry Potter

A Armada de Dumbledore inteira é do bem!

Piper, Prue e Phoebe do Seriado Charmed

Sabrina, a Bruxinha Adolescente

Feiticeiros de Waverly Place

Morgana do Castelo Rá tim Bum

 

Advertisements